NOTÍCIAS

21 de Abril de 2017
ANIMA 2017 da PASEC interpela jovens a “Mudar o seu Habitat”

A PASEC abriu o ANIMA 2017 interpelando os jovens a “Mudar o seu Habitat”. Levado ao terreno através do projeto Habitat, apoiado pelo Programa Erasmus +, a abertura aconteceu na Escola Secundária Camilo Castelo Branco em Vila Nova de Famalicão, no dia 4 de Abril.

A abertura contou com a presença do Diretor do Programa Erasmus +, Dr. Pedro Soares, que lembrou que passa “pela capacidade que cada um tem para sair da sua zona de conforto a verdadeira mudança protagonizada pelos jovens”. Também estiveram presentes o Diretor do Instituto Português do Desporto e Juventude, Dr. Vítor Dias, que acentuou que o “ANIMA é uma das iniciativas que traduz o verdadeiro protagonismo juvenil” e ainda a Vereadora da Juventude do Município de Famalicão, Dra. Sofia Fernandes e o Vereador da Educação, Dr. Leonel Rocha.

Esta primeira sessão contou com a edição 2017 do concurso “Dá-me o teu plano de combate…”, onde centenas de jovens tiveram a oportunidade de propor as suas ideias de projeto.

O ANIMA prossegue pelo centro do país, mais concretamente em Coimbra, Lousã e Piódão.

Este ano o ANIMA centra a sua ação no tema “Muda o Teu Habitat…” através do projeto Habitat - The Symbolic Alternative, dando forma ao conceito de Educação Não Formal Intergeracional como pedagogia alternativa de inclusão social para jovens com menos oportunidades. Por outro lado utiliza como referência a Simbologia Grupal como metodologia participativa não formal para criar e desenvolver soluções pedagógicas alternativas para a integração e promoção de processos de desenvolvimento psicossocial junto de jovens vítimas de bullying, com repetidas retenções devido a situações de insucesso escolar e provenientes de famílias desestruturadas

Outro dos objetivos do ANIMA 2017 deste ano, através do projeto Habitat, pretende ser promover a coesão social intergeracional nas regiões em que o projeto vai ser implementado através de estratégias pedagógicas diferenciadas, centradas nas realidade concretas. O projeto chega este ano a largos milhares de pessoas em mais de 30 dias de ações culturais e sociais.

Facebook Google Twitter