NOTÍCIAS

29 de Março de 2018
PASEC forma 300 novos jovens agentes educativos em 3 países
Teve lugar mais uma semana de formação e capacitação de jovens agentes educativos no âmbito do Projeto Method  da PASEC e do ANIMA 2018, Encontro Internacional de Animação Sociocultural.
Ao longo de quatro dias, entre 26 e 29 de março, em simultâneo na Itália, Luxemburgo e Portugal tiveram lugar 5 ações de formação orientadas para a capacitação de jovens agentes educativos entre os 16 e os 30 anos com o objetivo de preparar facilitadores e dinamizadores de grupos de jovens em contexto escolar, dotando-os de competências ao nível da dinamização de projetos de intervenção socioeducativa e artística que de algumas forma  transformem as suas comunidades educativas e territórios de pertença.
 
A iniciativas tiveram lugar nas localidades de Terras do Bouro no Parque Nacional da Peneda Gerês, em Varese (Itália), no Luxemburgo e em Famalicão envolvendo um total de 314 jovens agentes educativos. Os trabalhos abriram com a apresentação de um festival de curtas metragens sobre as várias realidades escolares dos jovens envolvidos para dar a conhecer os contextos em que os jovens líderes envolvidos no processo de formação estavam a atuar. Depois seguiram-se vários workshops temáticos sobre os métodos de Simbologia Grupal, Simbologia Corporal, Técnicas de Reflexão e Dinamização de Grupos e a Dinamização de Desportos de Natureza. Como exercício final, todos os envolvidos tiveram de desenhar projetos de compromisso a colocar em prática durante o terceiro período letivo que terá posterior continuidade no ano letivo de 2018/2019.
 
Mantendo aquela que é a matriz identitária do ANIMA, as ações de capacitação dirigiram-se a jovens agentes educativos que de forma organizada, voluntária e profissionalmente, gerem projetos e grupos juvenis que potenciam processos de desenvolvimento local nas suas comunidades. Mesmo tendo a orientação de formadores, todo o processo foi dirigido autonomamente pelos próprios jovens ao longo dos momentos de análise, aprofundamento e avaliação dos conteúdos trabalhados.
 
Foram desenhados e pensados mais de 60 intervenções socioeducativas centradas em dinâmicas de inclusão inteligentes que se estimam que possam chegar a pelo menos seis mil jovens em 37 escolas nos três países envolvidos. Esta iniciativa foi apoiada pelo Programa Erasmus + da União Europeia.
Facebook Google Twitter