Bolsas de Estudo

O Pelouro da Juventude investe na qualidade da formação técnica dos jovens do concelho, nomeadamente através da atribuição de Bolsas de Estudo, a jovens universitários residentes no concelho, com idade igual ou inferior a 30 anos.

Período extraordinário de candidatura COVID’19:  29 de março a 29 de maio.

Consulta aqui o regulamento e consulta aqui as alterações.

Documentação necessária:
a) Certidão de residência fiscal emitida pela Autoridade Tributária e Aduaneira de todos os elementos do agregado familiar (consulte aqui);
b) Certidão composição do agregado familiar (consulte aqui);
c) Fotocópia do Cartão de Cidadão;
d) Comprovativo de matrícula no Ensino Superior, com especificação do curso;
e) Comprovativo de aproveitamento académico do ano anterior ao da candidatura, excetuando os candidatos que se inscrevem no Ensino Superior pela primeira vez;
f) Comprovativo do valor anual da bolsa de estudo emitida pela DGES/Serviços de Acão Social, ou do não recebimento de qualquer subsídio, relativo ao ano anterior ao da candidatura, exceto os candidatos que se inscrevem no Ensino Superior pela primeira vez;
g) Declaração de IRS ou IRC;
h) Nota de liquidação do ano anterior ao da candidatura de todos os elementos do agregado familiar;
i) Documento comprovativo dos encargos com a habitação do agregado familiar, sendo que no caso de viver em habitação arrendada é necessário apresentar fotocópia do contrato de arrendamento e o último recibo da renda mensal;
j) Documento comprovativo dos encargos com a saúde e educação de todos os elementos do agregado familiar (consulte aqui);
k) Declaração comprovativa da Segurança Social referente a subsídio de doença ou desemprego (consulte aqui);
l) Extrato de remunerações do ano 2019 e 2020 (consulte aqui);
m) Declaração comprovativa do património mobiliário de todos os elementos do agregado familiar: Declaração do Banco de Portugal (consulte aqui);
n) Comprovativo de valor das contas bancárias a 31/12/2019, de acordo com os documentos solicitados na alínea m);
o) Declaração comprovativa do património imobiliário de todos os elementos do agregado familiar: Caderneta Predial (consulte aqui);
p) Declaração do candidato assim como recebe ou não recebe pensão de alimentos e qual o seu valor, no caso de famílias monoparentais;
q) Declaração sob compromisso de honra (clique aqui) do candidato sobre a veracidade das declarações prestadas na candidatura.
r) Comprovativo da atual situação económica do agregado familiar;

CANDIDATURAS EM: http://bolsas.famalicao.pt/

Para esclarecimento de dúvidas o contacto poderá ser efetuado através do número 252 314 582 ou pelo email: bolsasestudo@famalicao.pt

Facebook Twitter